Luz e Sombra


 

Luz e Sombra – Claro e Escuro

 

 

 

 

Material

PXP X2

 

 

 

Mesmo não estando em um Curso de Desenho Artístico, você deve sim entender

o conceito e a aplicação do claro e escuro em um objeto. Essa compreensão se faz necessária para que os elementos que produza possuam VOLUME.

 

 

Quem primeiro lançou as bases para os conceitos artísticos de claro e escuro foiLeonardo da Vinci.

Como todo artista, seu senso de observação o fez olhar atentamente os reflexos infinitos provenientes da luz do sol e

sua distribuição em árvores, ruas, animais, pessoas, veículos, etc.

A natureza forneceu a da Vinci o “chiaro-scuro”: um objeto recebe luz e projeta

uma sombra. Dessa forma surge seu volume, o que reforça a ilusão de 3D.

 

Veja a diferença que o claro/escuro produz na figura abaixo:

 

O círculo da esquerda está linear e à direita, com aplicação do claro/escuro se transforma em uma esfera.

A luz projetada do lado esquerdo lança uma sombra do lado direito.

Esse jogo dá ao círculo o volume que ele necessita para se transformarem um esfera.

Para ganhar volume.

 

 

 

Esse é o mesmo método usado na construção de um Gradiente.

Veja na figura abaixo :

 

 

Existe cor, luz e sombra tanto no exemplo com poucas repetições, quanto no que possui muitas.

Se não houvesse o claro/escuro, só haveria a cor:

 

 

 

 

 

Mais aplicações de claro/escuro.

Perceba que existem graduações diferentes do escuro; a meia luz.

Para diminuir a quantidade de sombra escura, você deve “esfumaçar”, ou seja, aplicar uma ferramenta que apenas diminua alguns pixels escuros.

Dessa forma você consegue fazer um degradê de sombras escuras.

Veja que é isso que permite que as cortinas sejam bem delineadas.

 

 

 

 

 

O claro/escuro não se aplica apenas ao Desenho Artístico, muito pelo contrário.

Essa técnica permite também que maquiadores façam milagres.

O claro/escuro diminui tamanho de narizes e queixos; ressalta olhos, retira olheiras.

Veja um antes e depois:

 

Perceba e linha escura que sobe do nariz da modelo até os olhos, na lateral do rosto e na lateral da testa.

 

 

Veja o claro/escuro aplicado aos olhos:

 

 

 

Espero ter contribuído para sua maquiagem ...

 

 

 

Sabendo então que luz e sombra são efeitos básicos para que se consiga dar volume aos elementos, temos que entender que

esse efeito é gerado pela profundidade  percebida por nossos olhos, através do contraste, dos relevos e dos planos.

.

 

Veja nesse gráfico como a luz , a sombra e a meia sombra modificam o mesmo objeto:

 

 

 

 

Dois esquemas básicos podem ser usados para um entendimento da direção da luz com conseqüente projeção de sua sombra:

 

1 – Direção da sombra em relação ao posicionamento do objeto com a luz atrás:

 

 

 

2 – Luz e sombra centrais :

 

 

 

 

Perceba que claro/escuro , luz e sombra, não são conceitos aplicáveis apenas ao preto e branco.

Veja como esse desenho ganha volume, apenas com aplicação de claro/escuro:

 

 

 

A aplicação de luz e sombra não é difícil.

 Depende apenas de observação e prática, nunca esquecendo que a direção da luz determina a projeção da sombra.

No PSP X2, existe uma ferramenta que produz claro/escuro. Chama-se LIGHTEN/DARKEN e nós vamos usá-la muitas vezes.

Para “esfumaçar”, você conta com SMUDGE e SOFTEN

 

 

 

 

Nos elementos abaixo, o claro/escuro foi marcado pelo artista:

 

 

Veja como ficam depois de pintados:

 

 

 

Aqui foi um exemplo de pintura manual, mas esse volume conseguido se aplica a todo e qualquer elemento que se faça para Scrapbook Digital.

Vá treinando, vá descobrindo como fazer a partir das informações dadas aqui.

Dessa forma, quando surgir um tutorial em que a ferramenta LIGHTEN/DARKEN precise ser usada você já saberá que:

 

1 - Para conseguir o CLARO , você deve clicar com o lado ESQUERDO do mouse

 

2 - Para conseguir o ESCURO, você deve clicar com o lado DIREITO do mouse

 

Por isso a ferramenta se chama LIGHTEN/DARKEN.

 

 

 

 

 

    

 Objetivo: Alguma dúvida?
Envie para o Grupo um e-mail com um resumo do que entendeu.

Se restaram dúvidas, faça suas perguntas.

Não coloque apenas “entendi”. Por favor, me diga o que entendeu.

 

Coloque no assunto do e-mail:

Seu nome + número da aula + nome da aula

Não se esqueça de acrescentar o link da aula

 

 

Texto criado por Rejane para o Grupo Magia em 03 de novembro de 2010.